Instalando PFsense com softupdates


Quando comecei a pesquisar a respeito do firewall PFsense achei vários tutoriais de instalação, porém notei que todos eles indicavam o método “Quick Install”. Isso faz com que economizemos tempo, porém depois que comecei a trabalhar com a solução percebi que alguns casos mais complexos necessitam que façamos instalações customizadas. Uma das mudanças mais simples, porém que pode otimizar muito a performance do seu sistema, é a separação de algumas partições e a utilização da opção “Softupdates”

 



 

O softupdates é aplicado por partição e com ele ativado é possível ter um ganho no I/O de disco e isso é muito importante pra quem utiliza pacotes com muita leitura e escrita em disco, como por exemplo o squid.

 

Para o tutorial utilizarei uma máquina virtual em VirtualBox com a instalação do PFsense 2.3.2, porém é aplicável também às versões mais antigas.

 

Caso você queira saber como instalar o PFSense através de um pendrive, clique aqui.

 

1 – Carregue sua mídia de instalação do PFsense e escolha a opção instalar digitando a letra I. Nas versões 2.3.x essa opção é escolhida automaticamente quando se termina a contagem presente na tela.

 

Softupdates01

 

 

 

2 – Nessa tela podemos ajustar as configurações de video e teclado caso necessário. Nesse caso não será, então apenas escolhemos “accept these settings”

 

Softupdates02

 

3 – Aqui é onde começam as diferenças, o mais comum é que se escolha a primeira opção para que a instalação seja a mais padrão possível, porém escolheremos “custom install” para que tenhamos a possibilidade de alterar algumas configurações referente as partições.

 

Softupdates03

 

4 – Nesta tela devemos escolher em qual disco faremos a instalação, muito cuidado para não escolher o disco errado. Caso esteja fazendo a instalação via USB, o pendrive também aparecerá lista. Escolha o seu HD.

 

Softupdates04

 

5 – Nessa tela deveremos formatar ou não o HD. Como nesse caso nós queremos criar partições novas, então não é recomendado que se use um HD que você não possa formatar. Escolheremos a opção “Format this Disk”

 

Softupdates05

 

6 – Aqui podemos customizar a geometria do HD, caso você, assim como eu, não seja um profundo conhecedor do assunto, apenas escolhe a opção ‘use this geometry’

 

Softupdates06

 

7 – Agora o sistema mostrará um aviso dizendo que a partir desse passo, o disco será formatado com a geometria escolhida e você perderá todos os seus dados. Escolha a opção “format”

 

Softupdates07

 

8 – Aqui é onde escolhemos se vamos ou não criar partições primárias e secundárias, nesse tutorial não abordaremos esse tópico, pois caso façamos mais de uma partição nesse passo, precisaremos montar e desmontar as partições secundárias manualmente depois com softupdates e isso será abordado em outro tutorial. Nesse momento faremos da forma simples, onde durante a própria instalação nós criamos os sistemas de arquivos com softupdates. Escolha a opção “Partition Disk” apenas para conhecer a tela, porém vamos mantes a configuração padrão.

 

Softupdates08

 

9 – Veja que aqui é possível escolher o tamanho de cada partição a partir da quantidade de setores que cada uma terá. Deixaremos da forma padrão, futuramente teremos um tutorial abordando um pouco mais esse assunto e suas possibilidades. Escolha a opção “Accept and Create”.

 

Softupdates09

 

10 – Aqui o sistema avisará que não foi feita nenhuma mudança na tabela de partições, escolhe a opção yes.

 

Softupdates10

 

11 – Nessa tela o sistema pergunta se desejamos instalar o bootblocks, que é um gerenciador de boot. Escolha a opção “Accept and install bootblocks”

 

Softupdates11

 

12 – Aqui devemos escolher uma partição primária onde instalaremos o PFSense, nesse caso temos apenas uma opção.

 

Softupdates12

 

13 – Essa tela é apenas um aviso que diz que seus arquivos serão perdidos, novamente. Escolha OK.

 

Softupdates13

 

14 – Uma informação de que a partição foi formatada.

 

Softupdates14

 

15 – Essa é a parte mais importante nesse tutorial, aqui escolheremos subpartições para ativar o softupdates. Primeiramente devemos escolher a opção “switch to expert mode”, assim teremos acesso as opções de softupdates e tamanho dos blocos. Insira novas linhas para cada sistema de arquivos que queremos separar do / . Nesse caso eu criarei duas linhas para deixar separados o /var e o /usr, ativarei o softupdates nas duas subpartições (vá até o combo e aperte a barra de espaço) e preencherei as informações de blocos com a blocagem padrão já presente nas outras linhas. Note que uma das colunas trata da capacidade de cada subpartição, nesse caso eu utilizei mais ou menos 40% para o /var, 40% para o /usr e o restante para o / preenchendo o campo com um *. Essa composição pode mudar de acordo com as suas necessidades, faça da forma como julgar melhor. Sempre lembrando que para indicar a capacidade em megas utilize M e para gigas utilize G, sempre maiúsculo. Existem algumas aplicações que tem melhor performance com blocos de tamanhos diferentes, porém isso é assunto para um novo post. Após todas as modificações, a tela deverá ficar como na imagem abaixo. Se estiver tudo certo escolha a opção “accept And Create”.

 

Softupdates15a

 

16 – Se tudo correu bem, voltaremos para uma tela bem conhecida, onde devemos escolher a opção de Kernel a ser instalado. Nesse caso escolheremos a opção “Standard Kernel”.

 

Softupdates16

 

17 – Após a instalação chegaremos a outra tela já conhecida, onde o sistema avisa que será realizado o reboot e pede para que desmontemos a mídia que usamos para instalação.

 

Softupdates17

 

Pronto. Agora o PFSense fará uma contagem regressiva para o reboot e quando ligar novamente já estará com as configurações de Softupdates nas subpartições /var e /usr.

 

Esse foi o primeiro tutorial que escrevo para o site, espero que seja de grande ajuda. Qualquer dúvida, por favor, deixem um comentário e eu tentarei ajudar com o que puder.

 

Grato pela atenção de todos.